terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Partida

O caçula bateu asas e voou.

Voou pra longe, pra muito longe.

Pra terras frias.

Como pôde não vê-lo crescer?

A lembrança é a do menino.

Menino que brigava para usar o cassete, enquanto imitava o Mussum nas propagandas Etti.

Ironia dos tempos.

Bons ventos, ainda que gélidos, soprem por lá.

Nenhum comentário: